Residentes legais não requerem cidadania por causa da burocracia

0
694

Imigrantes têm green card, mas exigências os impedem de solicitar cidadania

DA REDAÇÃO, COM IMMIGRATION DIRECT – Quem vive nos Estados Unidos legalmente ou não, sabe que depois de conseguir o tão sonhado green card o próximo passo é, depois de cinco anos de residência ou três anos de casamento com um cidadão americano, aplicar para conseguir a cidadania. Mas para isso, é necessário pagar algumas taxas, mostrar proficiência em inglês e conhecer um pouco da história do país.

Por esse motivo, muitos residentes legais estão aptos a solicitarem a cidadania, mas apenas uma parte o faz. Muitas vezes por falta de informação, esses moradores desconhecem os benefícios de serem cidadãos e não se arriscam a passar pelo processo.

De acordo com o site Immigration Direct, esse processo não é um bicho de sete cabeças. O formulário N-400 deve ser preenchido on-line e o andamento do processo pode ser todo acompanhado pelo solicitante. A orientação é fazer uma lista do que é necessário e organizar exatamente o que for pedido.

O processo também demanda que o solicitante seja proficiente em inglês. Quem vive nos Estados Unidos deve se esforçar para praticar o idioma, mesmo não frequentando cursos de inglês. A orientação de especialistas é conversar com pessoas em inglês, ler jornais, assistir televisão e se esforçar para praticar o idioma o máximo que puder. “Desafie a si mesmo, quando for ao supermercado, fale em inglês com o atendente”, orienta o site.

Depois do teste de inglês, o solicitante terá de responder um exame com dez perguntas orais sobre a história dos Estados Unidos. Na internet estão disponíveis diversos testes que já foram aplicados. Vale lembrar que o importante não e decorar as datas, sem entender o cotexto histórico de cada época.

Feito isso, será marcado o dia para o residente fazer o juramento à bandeira americana e você passara a ter os mesmos direitos de quem nasceu no país, inclusive, votar.