Reviravolta na Fórmula 1

0
619

Rubinho Barrichello, que já tinha até cavado lugar na Stock Car, foi confirmado como piloto da Brawn GP

O circo da Fórmula 1 é realmente surpreendente. Quando tudo indicava que a Honda iria abandonar as pistas da categoria mais importante do automobilismo mundial, eis que a escuderia ressurgiu das cinzas e confirmou sua participação na temporada de 2009, com um novo nome – Brawn GP. E mais: resgatou o piloto brasileiro Rubens Barrichello da aposentadoria. A primeira corrida do campeonato será em Melbourne, na Austrália, no dia 29 de março.
O comunicado da Brawn GP mantém a Fórmula 1 com 20 competidores no grid de largada. A escuderia mantém a dupla de pilotos que disputou os últimos três campeonatos pela antiga Honda – além de Barrichello, o inglês Jenson Button também defenderá as cores da nova equipe.
A opção por Barrichello acabou com o sonho de Bruno Senna estrear na Fórmula 1. O sobrinho do tricampeão Ayrton Senna não escondeu a frustração em adiar a sua entrada na categoria que consagrou o tio, mas admitiu que já está analisando outras alternativas. Uma delas seria o DTM, o campeonato alemão de carros turismo, que também serve de atalho para a Fórmula 1.