Ricardo Serpa

0
726

Ricardo Serpa: o fotógrafo dos momentos especiais

Por Carlos Wesley

A fotografia é a manifestação artística da era moderna

A tecnologia não para de jogar novidades no mercado. São câmeras digitais, filmadoras que só faltam falar, telefones celulares com câmeras, Ipods e outras geringonças mais.

Entretanto, o que faz a diferença ainda é o talento. Porque por trás de cada equipamento há sempre um ser humano operando e deixando fluir seus sentimentos, sua técnica e seu modo de captar o melhor momento de cada cena.

Apesar de todos gadgets, a máquina fotográfica ainda reina soberana como o principal instrumento para registrar os grandes momentos da vida. Os melhores fotógrafos são considerados verdadeiros magos da estética e até mesmo artistas. O que é perfeitamente aceitável, porque eles usam instrumentos de precisão para eternizar flagrantes e momentos inesquecíveis, a exemplo de escultores que usam cinzéis e martelos para darem formas finais a suas obras de arte.

O Brasil é pródigo em bons fotógrafos. Um deles vive aqui no sul da Flórida, mais exatamente em Weston, no sul de Broward, onde, aliás, está montado seu estúdio fotográfico. Um estúdio no qual é possível ver o bom gosto na captação de imagens e sentir o profissionalismo mesclado com a visão artística.

Seu nome é Ricardo Serpa, carioca que já viajou pelos quatro cantos do mundo, morou na Alemanha e está agora radicado nos Estados Unidos. Ex-executivo de multinacional, descobriu sua vocação quase por acaso. “Quando viajava a trabalho, sempre levava comigo a máquina fotográfica. Nos momentos de folga, aproveitava para passear pelas cidades e registrar as imagens de minhas viagens”, conta Serpa.

Pouco a pouco, ele percebeu que os motivos principais das viagens estavam sendo trocados. Em vez das intermináveis reuniões a portas fechadas em escritórios com ar condicionado, o que lhe dava mesmo prazer era percorrer as ruas, pontes e parques das cidades em busca de fotografias interessantes.

Logicamente, sua carreira como repórter fotográfico da grande imprensa – Serpa trabalhou como fotógrafo do Jornal do Brasil, do Rio de Janeiro – lhe deu o faro necessário para descobrir lugares e personagens diferentes. E tudo que lhe atraía era registrado por suas lentes e ficava guardado nos seus filmes fotográficos.

Mudança de rumo

Até que chegou a hora dele usar sua outra habilidade – a de executivo financeiro. Fez alguns cálculos e decidiu mudar definitivamente de profissão e se tornar um fotógrafo. Ou melhor, um fotógrafo profissional. Ou melhor ainda, um empresário da fotografia profissional e artística. Foi assim que nasceu a Lux Images Photo, sua companhia.

A abrangência da Lux Images é fantástica. Ricardo Serpa consegue desenvolver a maioria dos trabalhos de fotografia em seu estúdio ou em locais externos. Desde fotografias para catálogos comerciais até retratos e trabalhos editoriais passando por casamentos, bar e bath mitzvahs e fotos artísticas.

Lembranças indeléveis

Quase todo mundo pensa que fotos de casamento podem ser tiradas pelo primo do amigo do cunhado da noiva. Na verdade, podem, sim. Só que a qualidade geralmente é sofrível. Os casamentos fotografados por Serpa e sua equipe, porém, ficam como lembranças indeléveis, tanto nos álbuns quanto nas memórias dos noivos, padrinhos e convidados.

E ele não economiza fotos, não! São várias fotografias até se chegar ao melhor ângulo, ao melhor enquadramento e ao sorriso ideal dos fotografados. O que importa é o resultado final. Ricardo está constantemente em busca da foto ideal e quem ganha com isto são seus clientes e todos aqueles que têm o privilégio de ver fotos de excelente qualidade e apreciam a beleza e a sutileza de fotos com nuances próprias.

Quem tiver dúvidas, pode conferir os depoimentos de quem já usou os trabalhos de Ricardo Serpa e sua equipe no site www.luximages ou ver uma pequena amostra do que ele é capaz.

Aproveite a oportunidade porque ele não faz fotos para a Playboy. Ainda…