Rodada de muitos gols no Brasileirão

0
535

Parece que o futebol brasileiro voltou no tempo na noite desta quarta-feira. Santos e Flamengo, duas equipes apontadas como favoritas ao título, protagonizaram o jogo mais eletrizante do Campeonato Brasileiro de 2011, com alternância no placar, chuva de gols e belas jogadas, revivendo a época de ouro dos grandes clássicos.

Aliás, os destaques da partida foram justamente os mais habilidosos. O garoto Neymar, de apenas 19 anos, mostrou mais uma vez porque é um jogador de futebol diferenciado. Marcou dois gols um deles, de craque, driblando toda a zaga flamenguista e fez uma jogada genial para o segundo gol de Borges.

Do outro lado, Ronaldinho Gaúcho, o R10, finalmente mostrou toda sua arte do tempo em que deslumbrou o mundo atuando pelo Barcelona. Autor de três gols, que o colocam como artilheiro do campeonato com 8 gols, fez uma partida soberba. Em um dos gols, aplicou um drible sensacional e foi derrubado na entrada da área por Arouca. Em seguida, cobrou a falta magistralmente para empatar o jogo.

Ou seja, os jogadores das duas equipes praticaram o futebol como o torcedor gosta. Com emoção, arte, categoria e várias oportunidades.
Uma delas foi o pênalti desperdiçado por Elano, que tentou a cavadinha, mas falhou, e ainda teve de aguentar a gozação de Felipe que matou a bola no peito e fez embaixadinhas. Elano foi vaiado pelos torcedores santistas, inconformados, que talvez ainda desconhecessem o seu drama pessoal ao saber que seu pai foi sequestrado numa cidade do interior de São Paulo.

Outro jogo emocionante aconteceu no Estádio Couto Pereira. O São Paulo fez 4 a 0 no Coritiba no primeiro tempo da partida e o adversário ainda teve o meia Davi expulso. Na segunda etapa, porém, o alviverde paranaense reagiu e marcou três gols, assustando os paulistas, que também terminaram a partida com 10 jogadores por causa da expulsão de Denilson.