Santos, 100 anos de glórias

0
633

Alvinegro praiano revelou grandes craques do futebol brasileiro, entre eles o maior de todos: Pelé

Por Antonio Tozzi

O Santos Futebol Clube completa cem anos de vida neste final de semana. Somente pelo fato de ser um clube centenário, já mereceria a reverência dos amantes do futebol. Afinal, poucos conseguem atingir uma marca tão significativa.

Mas o Alvinegro praiano acumulou muitas glórias nestes cem anos de existência. Transformou-se no maior ganhador de títulos brasileiros é octacampeão, ao lado do Palmeiras -, o clube brasileiro com mais Taça Libertadores da América conquistadas três, juntamente com o São Paulo – e sobretudo revelou ao mundo do futebol, Sua Majestade, o Rei Pelé.

Pelé é considerado até hoje o maior craque que já pisou nos gramados de todo o mundo. Sua habilidade aliada com a genialidade lhe conferiram uma maestria comparável a poucos jogadores de futebol. Sob seu reinado, o Santos encantou o planeta com um futebol praticado por uma legião de craques. Além dele, o Santos Futebol Clube da década de 60 reunia nomes como Gilmar, Zito, Mengálvio, Coutinho, Perfumo, Pepe, Toninho Guerreiro, Carlos Alberto, Clodoaldo, Edu e muitos outros.

A história do Santos, porém, não começou na época de Pelé. Ela vem do tempo de Arakén Patuska, do goleiro Athie Jorge Cury e de muitos outros, nos anos 30/40. Nos anos 50, pouco antes do surgimento de Pelé, o Santos já possuía uma bela equipe, com Pagão, Jair da Rosa Pinto, Tite e Urubatão.

E, mais importante, a história do Santos não parou depois de Pelé. Depois de uma fase mais discreta, em 1978 surgiram os Meninos da Vila, um grupo de jogadores jovens, que praticava um futebol moleque, que encantou os torcedores: Pita, Juary, Nilton Batata, João Paulo, além do polêmico Serginho, que se incorporou ao grupo mais tarde, vindo do São Paulo.

Depois do vice-campeonato, em 1995, com o time comandado pelo mago Giovanni, a nova geração dos Meninos da Vila apareceu em 2003, com destaque para a dupla Robinho e Diego levando o Santos ao título brasileiro, batendo inapelavelmente o Corinthians nos jogos finais, após ter eliminado no mata-mata São paulo e Grêmio.

Parece que revelar talentos é mesmo uma predestinação na Vila Belmiro. Hoje, o clube possui o jogador mais valioso do futebol brasileiro, Neymar. O craque, apontado por muitos como o futuro melhor jogador do planeta, tem ainda a companhia de Paulo Henrique Ganso, Borges, Ibson, Alan Kardec e outros, que prometem conquistar o Campeonato Paulista e a Copa Libertadores da América, sob o comando do técnico Muricy Ramalho.