SeaWorld terá a mais alta, veloz e longa montanha-russa de Orlando

0
1758

Parque planeja inaugurar a Mako no verão de 2016; nome da atração é inspirado em espécie de tubarão conhecida pelo nado veloz

Ilustração mostra como deve ficar a Mako, nova montanha-russa do Seaworld
Ilustração mostra como deve ficar a Mako, nova montanha-russa do Seaworld

DA REDAÇÃO – O parque SeaWorld de Orlando planeja inaugurar no verão de 2016 a mais alta, veloz e longa montanha-russa da cidade, meca americana de parques de diversão. Batizada de Mako, a nova atração alcançará, em certos trechos, até 60 metros de altura e viajará a uma velocidade de até 73 milhas por hora, em percurso com uma milha de extensão.

A montanha-russa se tornará uma as poucas consideradas “hypercoasters” no mundo, um grupo de brinquedos do gênero que reúnem altas velocidades e quedas íngremes, criando uma sensação que se assemelha à ausência de gravidade.

Segundo o diretor do SeaWorld Brian Morrow, a cada descida percorrida pela nova montanha-russa, os passageiros se sentirão flutuando no ar, como se não pesassem nada. “Nós já havíamos inaugurado montanhas-russas como Manta, Turtle Trek e Antartica. Agora era o momento de criarmos uma nova atração eletrizante”, disse Morrow ao site NBC6.

O nome Mako faz alusão a uma espécie de tubarão conhecida pelo nado veloz e pela habilidade em mudar de direção subitamente. “Na Mako, nossos visitantes irão experimentar a sensação de serem um desses predadores”, afirmou o diretor.

Black Fish
A iniciativa de inaugurar uma atração radical vem sendo vista por analistas de mercado como uma tentativa de reverter danos causados à imagem do parque pelo documentário Black Fish, que mostra depoimentos de ex-funcionários do SeaWorld afirmando que baleias sofrem maus tratos em cativeiro. O documentário foi exibido pela CNN no ano passado e está atualmente em cartaz no menu da Netflix.