Seedorf tem cargo ameaçado no Milan

0
543

O ex-atacante do Botafogo Clarence Seedorf está passando maus bocados no Milan, equipe que foi treinar depois que se aposentou dos campos. Está certo que o Milan não andava bem das pernas mesmo antes da chegada do treinador, mas é certo que as coisas só pioraram ultimamente.

Seedorf tentou uma solução de curto prazo e falhou. Em doze partidas sob o seu comando a equipe rubro-negra perdeu sete e marcou apenas dez gols. Fora da Liga dos Campeões e da Copa da Itália, o Milan amarga a 11º colocação no Campeonato Italiano.

O holandês foi uma escolha pessoal do presidente do clube, o todo-poderoso Silvio Berlusconi, e tem a seu favor essa vantagem. O fracasso do time não pode ser todo atribuído a ele, entretanto. O que é certo é que imprensa e torcedores agora pegam no pé que está mais à mão – o do treinador. “As duas próximas partidas serão decisivas para Seedorf, e o seu resultado é que vai definir o futuro dele”, disse o jornalista Luca Marchetti, da TV Sky Sport Italia.

O esquema superofensivo que o treinador montou não funcionou. Seedorf escalou três atacantes (Kaká e Taarabt do lado de Robinho, Honda ou Poli) e o centroavante Balotelli. Isso enfraqueceu o meio de campo. A imprensa começou a chamá-lo de teimoso por causa da insistência nesse esquema, os resultados não aconteciam e a torcida começou a perder a paciência.