Seis cubanos são acusados de contrabando de imigrantes

0
579

Cubanos teriam suposto esquema de translado de compatriotas

Seis cubanos enfrentam acusações de contrabando de imigrantes indocumentados pela suposta participacão no traslado de alguns de seus compatriotas em embarcacões para os EUA, confirmou a Polícia Federal do distrito sul da Flórida.
Os acusados em West Palm Beach são Luis Pérez, de 30 anos; Ángel Arce Pérez, de 42; Aurelio Sánchez Ortega, de 19; Duany Jiménez, de 24; Maikel Soto, 28 e Ángel Julio Navarro Lliteras.
O departamento informou que os três primeiros estão acusados como reincidentes em termos de contrabando de imigrantes e, se forem declarados culpados, enfrentam a pena máxima: a prisão perpétua.
Segundo um convênio firmado entre Havana e Washington, os cubanos que são interceptados no mar, mesmo a poucos metros da orla, devem ser repatriados.
No entanto, de acordo com uma lei dos Estados Unidos, aqueles que conseguem pôr os pés na terra podem permanecer neste país e, depois de um ano, obter a residência.