Senado aprova inglês como “língua nacional”

0
723

A medida faz parte do pacote de medidas da reforma de imigração nos EUA

O Senado votou nesta quinta-feira(18) uma medida que torna o inglês a “língua nacional”‘ dos Estados Unidos, declarando que ninguém tem o direito de fazer comunicações federais ou serviços em outro idioma que não seja o inglês, exceto naqueles casos já garantidos por lei.

A medida, aprovada por 63 votos a favor e 34 contra, exige que o governo “preserve e aperfeiçoe” o papel da língua inglesa, sem alterar as leis atuais que exigem que alguns documentos do governo e serviços sejam fornecidos em outros idiomas. Os opositores disseram que isto poderia negar ordens do executivo, regulamentações, orientações de serviços civis e outras orden multilíngües que não sejam oficialmente sancionados por atos do Congresso.

A votação passou poucas horas depois que o presidente Bush – que esteve na cidade de Yuma, na fronteira entre México e Arizona – pediu ao Congresso para aprovar um orçamento de $1.95 bilhão para deslocar os soldados da Guarda Nacional e contratar outros 1.000 agentes de imigração para patrulhar a fronteira entre EUA e México.

Pela primeira vez, Bush também apoiou a construção de 370 milhas de cerca para dificultar a imigração ilegal. Funcionários da Casa Branca estava mobilizando-se nesta quinta-feira à noite para garantir a passagem de uma emenda que bloquearia uma eventual cidadania para futuros imigrantes que viessem sob uma permissão temporária de trabalho – uma emenda que grupos de direitos dos imigrantes dizem destruiria a coalizão de apoio ao projeto de lei do Senado.