Serviço de imigração dos EUA fala em 22 idiomas

0
438

USCIS disse que a nova ferramenta permitirá chegar a um público mais amplo com informações diretas sem intermediários

Em janeiro de 2011 anunciaram que, além do inglês, também falavam em espanhol. Dezenove meses depois confirmam que falam em outros 21 idiomas com uma ferramenta que ajudará a resolver milhares de dúvidas, facilitará processamento e ajudará a combater a fraude imigratória.

O Serviço de Cidadania e Imigração (USCIS) lançou esta semana o Centro de Recursos Multilíngues, uma página em seu website da internet que, explica, fornece um lugar centralizado” para localizar os recursos que o órgão federal oferece en diversos idiomas.
Inglês, espanhol, urdu, russo, italiano, chinês, árabe, francês ou português, imigrantes de todo o mundo podem realizar consultas ou processamentos comuns como, por exemplo, solicitar uma autorização de trabalho (com o Formulário I-765) e verificar o status imigratório de um trabalhador (Formulário I-9 através do programa E-Verify).

O USCIS acrescentou que a nova ferramenta permitirá a você chegar a um público mais ampla e assegurar-se “de que as pessoas obtenham informações diretamente do USCIS e não de fontes não oficiais e possivelmente inescrupulosas”.

A ferramenta cobre informações sobre solicitações ou formulários do serviço de imigração americana e respostas às perguntas mais frequentes, entre outros serviços.

“O Centro de Recursos Multilíngue é nosso mais recente passo para aumentar o acesso de nossos clientes às informações importantes e precisas sobre imigração”, disse o diretor do USCIS, Alejandro Mayorkas.

“Ao fornecer ao público informações de imigração em seus idiomas nativos, tornamos a experiência algo mais prazerosa e aumentamos sua habilidade para navegar pelo sistema legal de imigração de nossa nação”, acrescentou.

Página em português

O USCIS disponibilizou os recursos digitais em português que permitem, entre outras funções, averiguar o status de um caso, pedir uma reunião, imprimir grátis um formulário ou averiguar a direção de um escritório em qualquer parte do país.

O site também inclui dados sobre vistos, notificar uma mudança de endereço, notícias e um recurso para que os patronos verifiquem o status imigratório de seus trabalhadores.

A página oferece uma ampla gama de temas, tanto para cidadãos como para residentes permanentes, imigrantes e não imigrantes que buscam informações do órgão federal.

A ferramenta poliglota inclui temas, formulários, recursos, notícias e dados.

Acrescenta um motor de busca que pode indistintamente ser utilizado por cidadãos, residentes permanentes (com green card), estrangeiros e não imigrantes (turistas) para fazer averiguações diversas, entre elas como pedir por um familiar, como mudar de status, como estender a estadia ou se pode ou não conseguir uma autorização de emprego.

Também inclui uma moderna versão de Infopass, sistema criado em 2006 e que permite pedir “via Internet” uma reunião com um agente ou funcionário de imigração para falar ou tratar de un caso em particular. “Se tiver uma pergunta, marque uma visita e venha e fale com um oficial de imigração, indicou a USCIS.

Outro sistema de consulta disponível permite averiguar, no momento, o “status de seu caso” de imigração. Basta anotar o “número do caso” designado pelo USCIS no começo de um processo e o sistema indicará se foi aceito ou não, quando ou qual foi a avaliação inicial, se teve ou não requerimentos de evidências, se foi marcada uma entrevista e a data, o que fazer depois de uma decisão.

O site acrescenta um recurso para averiguar quanto tempo o órgão demora em gerenciar um processo dependendo do tipo de formulário e do status que corresponde ao cliente, e também oferece acesso imediato ao Formulário AR-11 para notificar, via internet, uma mudança de endereço. Por lei, os estrangeiros com processamento pendente devem avisar o USCIS, em um prazo de 10 dias, se mudarem de domicílio.
Sobre a cidadania, o site conta com dados sobre como administrá-la através de familiares e por naturalização, e uma explicação sobre o exame, ferramenta que pode ser consultada, em inglês e em português.

Quanto à residência permanente, explica como conseguir o green card através da família, de um emprego, do status de asilado ou refugiado, que há depois do green card e os passos e gestões para consegui-lo.

Agrega dados que detalham quem pode solicitar uma permissão de trabalho, dados para trabalhadores permanentes e amplia informações para estudantes e visitantes de intercâmbio.

Dos programas humanitários, inclui explicações relacionadas com o Temporary Protection Status (TPS) e o que fazer em situações de emergência.

Outros recursos disponíveis permitem ao usuário averiguar o endereço mais próximo de uma unidade do USCIS de acordo com o zip code ou zona postal onde vive o usuário e os formulários para diversos processamentos oferecidos pelo órgão.

Também agrega dados sobre o significado dos vistos, direitos e responsabilidades de residentes e estrangeiros no território dos Estados Unidos, e a história do USCIS.