Sô Zé se despede do sul da Flórida

0
854

Antes de voltar ao Brasil, caipira faz show de “até breve” no Café Mineiro

O caipira Sô Zé está preparando a trouxa e vai retornar ao Brasil, depois de seis anos contando os seus ‘causos’ nos Estados Unidos. Mas o mineiro André Luiz Ferreira e seu personagem não poderiam partir sem antes se despedir da comunidade brasileira e isso vai acontecer aqui no sul da Flórida num show no dia 12 de dezembro, no restaurante Café Mineiro (em Deerfield Beach). O show ‘A despedida do Sô Zé’ será às 9 pm, com ingressos a 15 dólares.

A volta ao Brasil se deve a novos e ousados projetos que o artista vislumbra para sua carreira. “Já iniciei alguns contatos com emissoras de televisão e, quem sabe, em breve não teremos novidades nesse sentido”, adianta André, que está sendo assessorado pela promoter e parceira Eliziane Chambers. Mas mesmo a possibilidade de trabalhar na tevê não vai tirar o Sô Zé da estrada: vários shows pelo país já estão agendados – principalmente em Conselheiro Pena, onde nasceu, e em Ipatinga, onde foi criado – e a idéia é adaptar o espetáculo à realidade brasileira, quem sabe contando um pouco da experiência de um caipira num país de primeiro mundo.

Além da apresentação em Deerfield Beach, a agenda está lotada para a despedida do matuto. No dia 13 ele estará em Fort Myers e, no dia seguinte, em Orlando. Depois segue para Marietta (Geórgia), Goose Creek (South Carolina) e Charlotte (North Carolina). “Em janeiro, ainda vou fazer shows em Framingham e Everett (Massachusetts), mas aí o nome do espetáculo será ‘A deportação do Sô Zé’, porque ninguém mais vai aguentar ouvir minhas piadas”, brinca o artista, que vive um momento especial também na vida pessoal: sua primeira netinha, Maria Luísa, acaba de nascer.

O caipira, que já lançou o CD ‘Dedos de Prosa’ e o DVD ‘As proibidas do Sô Zé’, se despede da comunidade brasileira depois de uma bem-sucedida carreira na América, onde o personagem conquistou muitos fãs. “Cheguei a fazer nove shows por mês, alguns deles com mais de 500 pessoas na platéia”, recorda André. Agora o mineiro se prepara para alçar novos vôos, mas antes disso aterissa em Deerfield para um “até breve”. “Quero voltar dentro de alguns anos para uma turnê pelos Estados Unidos e matar as saudades dessa comunidade que adoro”, enfatiza André. Boa sorte, Sô Zé!