Sucesso no Afeganistão depende de prisão de Osama Bin Laden

0
487

Opinião é do general McChrystal, maior autoridade militar dos Estados Unidos

O mais alto comandante militar americano para o Afeganistão, general Stanley McChrystal, disse que somente com a captura do líder da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, os Estados Unidos poderão se considerar vitoriosos naquele país. “Eu não acho que podemos derrotar definitivamente a maior rede terrorista do mundo até que seu cabeça seja preso ou morto”, disse McChrystal em discurso no Congresso americano, ressaltando a figura icônica de Bin Laden serve de incentivo aos demais membros da organização.

Segundo ele, a morte ou captura de Bin Laden não significaria o fim da rede extremista, mas que a Al-Qaeda não seria erradicada enquanto o líder estiver solto. No entanto, autoridades do governo americano admitem que não há informações confiáveis sobre o paradeiro do terrorista há anos. “Não sabemos de fato onde Osama Bin Laden está, mas quando soubermos iremos buscá-lo”, afirmou o secretário da Defesa, Robert Gates. Rumores davam conta que Bin Laden foi visto no Afeganistão no início neste ano.

Voltando a McChrystal, ele elogiou o plano dos EUA de enviar mais 30 mil soldados ao país, dizendo que o sucesso no conflito afegão é possível. O general enfatizou que as tropas enfrentam uma insurgência complexa e resistente e defendeu o aumento dos recursos destinados à guerra. Por sua vez, o presidente afegão, Hamid Karzai, disse que o país deve demorar pelo menos 15 anos até se tornar capaz de sustentar suas próprias forças de segurança.