Texas EquuSearch aciona família de Casey Anthony

0
608

Casey Anthony é intimada hoje por Alex Kapetan e Mark Wites, advogados do Texas EquuSearch

O EquuSearch, um grupo não lucrativo fundado por Tim Miller em Houston, no Texas, entrou com uma ação civil no tribunal do condado de Orange, aqui na Flórida, nesta terça-feira, através de seus representantes legais: Alex Kapetan e Mark Wites. Trata-se do mesmo tribunal onde os jurados absolveram, na semana passada, Casey Anthony de matar sua filha de 2 anos de idade.

O grupo quer ser reembolsado pelo tempo e pelas despesas gastas nas buscas por Caylee Anthony. Enquanto o veredito está sendo debatido em todo o país, o EquuSearch acredita que a mulher de 25 anos de idade com certeza é culpada de mentir para eles e desperdiçar seu tempo, recursos valiosos e mais de US$100,000.

“Recebemos várias ligações de famílias de todo o país quando estávamos procurando por Caylee que tivemos de declinar porque contávamos com 4.200 voluntários aqui, além de cerca de 55 pessoas de nosso grupo de Houston, nossa equipe principal e outros membros valiosos que estavam concentrados nas buscas por Caylee”, afirmou Miller.

“Estou fazendo isto pelos doadores, pelas famílias que no futuro estarão pedindo nossa ajuda, se tivermos gastos tudo numa criança que nunca esteve perdida”, disse Miller. “Estamos apenas pedindo de volta o que gastamos e não seria justo pedirmos por algo mais”, complementou.

Os advogados que estão representando o EquuSearch, Alex Kapetan e Mark Wites, acreditam que o caso é forte e procedente. Eles souberam das mentiras, omissões e enganos de Casey Anthony através de seu recente julgamento criminal.

“Sentimos que o caso, por si só, é bastante forte”, afirmou o advogado Alex Kapetan. “Acreditamos que ela sempre soube que Caylee nunca esteve lá, acreditamos que ela sabia onde a menina estava e as buscas nunca deveriam ter ocorrido”, acrescentou. E Marc Wites faz questão de destacar que eles pegaram o caso sem intenções financeiras;
“Meu escritório de advocacia está dando assistência jurídica pro bono, não estamos cobrando nada, porque apoiamos o que o Texas EquuSearch faz”.

Mesmo sabendo das mentiras de Casey e de seus pais, Tim Miller não se arrepende de ter organizado e realizado buscas em 2008 com o EquuSearch pela pequena Caylee Anthony. “Infelizmente fomos enganados, mas quando encontrei Casey ela disse que sabia que sua filha estava viva e faria tudo para trazê-la de volta”.

Casey Anthony, que deixará a prisão no domingo, recebe a intimação judicial na cadeia esta manhã e terá 20 dias para apresentar uma resposta na corte, com ou sem advogado.