Tiro pela culatra: campanha da polícia de New York vira “mico” na internet

0
505

#myNYPD
Intenção do projeto era mostrar o lado positivo da polícia de New York

A ideia do Departamento de Polícia de Nova York era mostrar a proximidade da polícia com a comunidade, mas o tiro saiu pela culatra. Os agentes convidaram internautas para twittar fotos com a hashtag #myNYPD e mostrar a relação dos policiais com o público, mas o resultado não foi bem o esperado.

No início, as fotos enviadas mostravam o bom relacionamento dos cidadãos com os agentes. Mas não demorou muito e centenas de imagens sobre a truculência e a brutalidade dos policiais inundaram o Twitter. Foi enviada até uma imagem de um cachorro sendo revistado.

Segundo o jornal inglês “The Guardian”, até a meia-noite de terça-feira (23), mais de 70 mil pessoas haviam twittado sobre a violência da polícia, ridicularizando o NYPD.

“A polícia de Nova York está criando novas formas de se comunicar de forma eficaz com a comunidade”, disse Kim Royster , porta-voz da polícia de Nova York ao jornal americano “New York Daily News”. “O Twitter oferece um fórum aberto para a troca sem censura, e este é um diálogo aberto bom para a nossa cidade.”

No Twitter da polícia, foram replicadas apenas as imagens que retratavam o clima amistoso entre os cidadãos e os policiais.

Além das imagens, a ironia e o sarcasmo nos comentários acompanharam os tweets nesta campanha. ”Talvez não saibam, mas a polícia de Nova York não pode ajudar torcendo o pescoço”, disse um internauta ao publicar uma foto que mostra um policial estrangulando um manifestante em Nova York.

“Frequentemente nós desempenhamos atividades legais, embora tenham um aspecto horrível”, respondeu o chefe da polícia de Nova York, Bill Bratton, em entrevista na quarta-feira 23.