Tragédia atinge haitianos

0
623

Barco com dezenas de indocumentados naufraga no Atlântico e há pelo menos 100 desaparecidos

Uma embarcação com cerca de 200 imigrantes haitianos afundou no Oceano Atlântico, próximo às ilhas Turcas e Caicos. Apesar do rápido trabalho das equipes de resgate, que encontraram mais de 40 sobreviventes nos arrecifes, o incidente deixou pelo menos quatro mortos e ainda há outras pessoas desaparecidas. A guarda costeira dos Estados Unidos acredita que os indocumentados iriam tentar entrar ilegalmente no país. Os imigrantes haitianos estavam em um barco superlotado e muitos sobreviventes, que foram atendidos em hospitais daquelas ilhas, admitiram que estavam fugindo da pobreza do país.

Este, infelizmente, não foi um caso isolado. No início do ano, três imigrantes somalis morreram depois de um acidente na costa do Iêmens. Mesmo assim, pelo menos 130 deles conseguiram chegar ao litoral e foram presos pelas autoridades locais. Semanas depois, ao menos 19 indocumentados do norte da África faleceram após o barco no qual viajavam afundar próximo à costa das Ilhas Canárias, na Espanha. Depois, outros indocumentados que saíram da costa da Líbia morreram num naufrágio próximo ao Egito. E aqui mesmo na Flórida, em maio deste ano, ao menos nove haitianos desapareceram no mar depois que a embarcação afundou perto de Boynton Beach.