Ultra Music Festival fica em Miami

0
550

Os vereadores (commissioners) da cidade de Miami aprovaram na quinta-feira (23) a permanência do festival de música eletrônica anual que acontece no Bayfront Park, o Ultra Music Festival. O festival enfrentava a oposição do prefeito da cidade, Tomás Regalado, que acusa o Ultra de perturbar a vida dos moradores do centro (downtown) da cidade e trazer violência para a área.

“Os moradores reclamam que viram prisioneiros dentro da própria casa durante três dias”, diz Regalado.

Este ano, uma segurança de 28 anos, Ericka Mack, foi gravemente ferida na noite de abertura, quando uma cerca foi derrubada sobre ela por quem não tinha ingresso para entrar.

O lobista responsável pelo Ultra, Brian May, argumentou junto aos vereadores que o festival é uma atração internacional que traz milhares de turistas à cidade, com forte impacto na economia.

“Perder o Ultra traria um grande mal à cidade de Miami no futuro”, disse May.

O acordo para permitir a continuação do festival nos próximos anos vem com condições. A segurança e policiamento terão de ser reforçados, e cercas mais resistentes deverão ser instaladas para conter invasões. A presença de serviços médicos para atendimentos de emergência para “saúde mental e drogas” também terá de ser providenciada, em resposta à preocupação dos vereadores com o excessivo uso de drogas no local.