Uma brasileira a serviço da comunidade

0
611

Giselle Mosley é Community Aide em Palm Beach

Joselina Reis

Carioca veio de uma família de militares no Brasil
Carioca veio de uma família de militares no Brasil

Ajudar ao próximo sempre esteve nos planos da brasileira Giselle Mosley, mas foi nos Estados Unidos que essa carioca de 38 anos encontrou seu espaço. Em 2012 ela começou uma carreira como Community Service Aide (Serviço de Apoio à Comunidade, nome em português). Antes disso, era policial em Lake Worth. Giselle tem colaborado com a comunidade servindo como intermediária nos problemas de segurança.

Ela vem de uma família de militares no Rio de Janeiro e mudou-se para os Estados Unidos em 1998. Depois de morar por algum tempo em Boston, onde trabalhava na área de crédito, veio para a Flórida. “Eu procurava algo que fosse ao mesmo tempo um bom emprego e que pudesse oferecer algo à comunidade”, comentou a carioca.

Giselle diz que a comunidade brasileira é muito bem recebida dentro do departamento de polícia, e o trabalho como CSA oferece toda oportunidade para crescimento pessoal. “É muito gratificante saber que as pessoas veem o seu trabalho como parte da solução para os seus problemas”, conta.

Um CSA trabalha na maioria do tempo sozinho nas ruas. É sua responsabilidade atender casos de acidente de carro, fazer boletim de ocorrência de casos que não envolvam morte e trabalhar como intermediário entre os pedidos da comunidade e o departamento de polícia.

Além de ser um trabalho com um nível menor de stress que o de policial, o cargo oferece ao trabalhador vários benefícios, como plano de saúde e dentário, aposentadoria e horário diferenciado. “A liberdade que você tem para trabalhar com CSA é muito boa”, enfatiza.

Para trabalhar como CSA, de acordo com as informações no website do condado de West Palm Beach, o interessado deve ter mais de 18 anos, segundo grau completo, seis meses de experiência trabalhando com o público, completar o curso de 320 horas sobre investigação de acidente de trânsito, carteira de motorista e ser cidadão americano.