Uma comunidade empreendedora

0
908

Brasileiros representam mais de 15% dos empregadores estrangeiros

Se por um lado uma pesquisa demonstra todo o preconceito do povo português em relação aos imigrantes brasileiros, outro estudo comprova que nossos conterrâneos em Portugual são considerados os mais empreendedores. Os dados constam do terceiro número da revista “Migrações”, dedicada precisamente ao tema “Empreendedorismo Imigrante”. A pesquisadora Catarina Oliveira calcula que os brasileiros são hoje em Portugal a comunidade com maior número de patrões, representando 15,1% do total de empregadores estrangeiros. Ela ressalta que o ano de 1998 foi um marco no dinamismo empresarial de estrangeiros. Até aquela época, a lei do trabalho definia que as empresas com mais de cinco trabalhadores tinham de ter pelo menos 90% de portugueses entre seus empregados. De acordo com dados fornecidos pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, cerca de duas centenas de vistos de trabalho foram concedidos a cidadãos brasileiros empreendedores, estando a larga distância das outras comunidades com maior peso: russos (23), norte-americanos (12), chineses (dez) e canadenses (nove).