Vereadores de Pembroke Pines não querem centro de detenção de indocumentados por perto

0
507

Decisão de cortar fornecimento de serviços públicos visa desestimular a construção de um grande centro de detenção para imigrantes indocumentados no sul de Broward

DA REDAÇÃO – Os vereadores de Pembroke Pines votaram nesta quarta-feira (7) à noite pelo cancelamento de um contrato que forneceria serviços de água, esgoto, corpo de bombeiros e emergência médica à vizinha Southwest Ranches na esperança de interromper os planos para a construção de um centro de detenção.

O cancelamento do contrato ganhou a votação por 3 a 2, com o prefeito Frank Ortis e o vereador Carl Shechter discordando. Os vereadores também votaram unanimemente pelo arquivamento de uma sentença declaratória, o que exigiria um juiz para decidir, de uma vez por todas, se a cidade está legalmente obrigada a fornecer serviço de água e esgoto para Southwest Ranches.

Jeff Nelson, prefeito de Southwest Ranches, que participou da reunião, disse não estar preocupado com as ações da comissão de Pembroke Pines. “Isto apenas abre algumas outras opções”, disse Nelson, notando que Southwest Ranches pode receber estes serviços de outros municípios vizinhos. Ele disse ainda que a Corrections Corporation of America — empresa privada que está na licitação para levar o centro de detenção para Southwest Ranches — pode construir seu próprio poço para coleta de água e sua própria estação de tratamento de esgoto.

O ICE, divisão policial do USCIS (Serviço de Imigração e Cidadania dos EUA), está considerando construir um dos maiores centros de detenção do país, com cerca de 1,500 camas, numa área de Southwest Ranches, município cercado por Pembroke Pines. O ICE ainda não anunciou a escolha de Southwest Ranches como local do novo presídio, mas diretores do órgão deixaram implícito em encontros com residentes e em correspondência com líderes locais que eles estão olhando de perto para o condado de Broward como sua opção preferida..