Pergunte ao advogado: as dúvidas de imigração dos leitores

0
3198
Imigração em Dia

Envie sua pergunta para imigracao@acheiusa.com, que ela será respondida na medida do possível.

Maria Reyes, advogada de imigração do Berman Law Group em Deerfield Beach, telefone (561)826-5200 ext 351.


Moramos aqui nos Estados Unidos por alguns anos, tivemos dois filhos. Fomos para o Brasil e retornamos para os Estados Unidos há cinco anos de forma ilegal. A minha filha nascida aqui, completou 21 anos. Temos alguma chance de conseguir a cidadania através dela?

Maria Reyes – Em geral, um cidadão americano adulto não pode patrocinar os pais que entraram nos Estados Unidos sem inspeção.

Minha permanência nos EUA venceu em julho de 2018 e a do meu filho de 16 anos em abril de 2018, vou me casar e gostaria de saber qual seria o procedimento para regularizar o meu status e do meu filho.

Maria Reyes – Uma pessoa que entra nos Estados Unidos legalmente, mas que permanece além do período de permanência autorizado indicado no cartão I-94 Arrival-Departure pode ser elegível para requerer residência permanente (um green card) se casar com um cidadão dos Estados Unidos. A elegibilidade para a residência permanente tem muitos requisitos, no entanto, você deve discutir os fatos específicos do seu caso com um advogado de imigração experiente. Se todos os requisitos de elegibilidade forem cumpridos e se o seu filho não for inadmissível de outra forma, ele poderá obter a residência permanente.

É possível que o empregador aplique para o documento de alguém que esteja vivendo fora de status no país?

Maria Reyes – Para responder à sua pergunta, eu preciso saber a qual documento você está se referindo. Porém, para que uma pessoa nos Estados Unidos solicite qualquer tipo de status por emprego, ela deve estar em situação legal no país.

Vim pelo México 2004 no cai-cai e não compareci à Corte. Hoje sou casado com uma americana, há três anos. Qual a probabilidade de que meu caso seja aceito para reabrir e ter o perdão? Nula, pouca ou boa de se obter?

Maria Reyes – Uma pessoa que entrou nos EUA sem inspeção e que subsequentemente se casa com um cidadão dos Estados Unidos geralmente não é capaz de ajustar seu status nos Estados Unidos. Se a inadmissibilidade da pessoa causar dificuldades extremas ao cônjuge ou aos pais americanos, no entanto, sob certas circunstâncias, eles poderão se candidatar para um caso de “perdão” de inadmissibilidade. Por favor, note que esta é apenas uma informação geral e não deve ser interpretada como aconselhamento jurídico.

Há 6 anos, tenho ido aos EUA para não perder a minha residência americana porque trabalho no Brasil. No ano de 2019, quero me aposentar e ir morar e trabalhar nos EUA. Quanto tempo terei que esperar para requerer a cidadania americana?

Maria Reyes – Para se candidatar à cidadania americana, a pessoa deve ter permanecido legalmente em residência permanente por cinco anos, ou por três anos se a residência permanente for baseada no casamento com um cidadão dos EUA e ainda estiver casada(o). Por favor, note que existem vários outros requisitos para naturalização, além do requisito de residência permanente. Aconselho que você tenha uma consulta com um advogado de imigração experiente para discutir os fatos específicos do seu caso.

Morei nos EUA por 20 anos ilegalmente e há dois anos fui embora para Europa. Assim que pegar minha cidadania europeia posso entrar nos Estados Unidos a passeio?? Minha filha americana pode aplicar para o green card para mim quando ela completar 21 anos?

Maria Reyes – Uma pessoa que acumule um ano ou mais de presença ilegal nos Estados Unidos em ou após 1º de abril de 1997, é geralmente proibida de entrar nos Estados Unidos por um período de 10 anos a partir da data em que deixou os Estados Unidos. A obtenção da cidadania europeia não altera a proibição. Um adulto cidadão americano geralmente não pode patrocinar um pai que esteja sujeito à punição de 10 anos.