Pergunte ao advogado: as dúvidas de imigração dos leitores

0
1804
Imigração em Dia

Envie sua pergunta para imigracao@acheiusa.com, que ela será respondida na medida do possível.

Renata Castro, advogada com escritório em Weston e Naples (FL), telefone (954)888.6383.


Entrei ilegalmente nos EUA (esquema conhecido como “cai cai”) via México, onde fiquei detido por algumas horas e liberado para apresentar na corte posteriormente, algo que não fiz. Permaneci apenas 11 meses no país e retornei ao Brasil. Já se passaram 10 anos e tenho o desejo de retornar aos EUA para levar meu filho de 8 anos para conhecer a Disney, juntamente com minha esposa. Tenho condições de comprovar renda e estabilidade razoáveis no Brasil. Sou concursado em um  dos meus empregos, inclusive. Existe possibilidade de conseguir o visto, já tendo passado 10 anos do meu retorno ao país e por não ter permanecido ilegal nem um ano?

Renata – Possibilidade existe sim, já que você já ficou fora do país por um período equivalente ao período de penalização. No entanto, é interesse entrar em contato com um advogado para saber que tipo de status seu caso tem nos EUA hoje, para que possíveis ordens de deportação sejam adequadamente mencionadas em seu pedido de visto.

Tenho o green card desde 10/2011 obtido através de minha irmã que era cidadã. Ocorre que ela faleceu em janeiro deste ano e não faz mais sentido eu residir nos EUA. Como devo proceder para abdicar do mesmo sem prejudicar no futuro um pedido de visto de turista?

Renata – Se você obteve o seu green card e decide abdicar do mesmo, é importante que você decida se de fato não quererá mais residir no país. Se você obteve o green card em 10/2011, é possível que você possa obter cidadania americana em 7/2016, o que faria com que você pudesse se ausentar dos EUA sem preocupações de retorno. Caso você não queira esperar o período, é precis instalar um processo para abdicar do status junto ao serviço de imigração, e pagar a taxa de desligamento.

Morei 2 anos nos Estados Unidos e fui deportado, isso faz 10 anos. Minha filha se casou e tem o green card. Ela poderia pedir o green card para mim?

Renata – É possível que sim. Você não diz em sua pergunta aonde você mora, ou como você entrou nos EUA. Esses dois fatores são importantes para determinar a viabilidade do seu caso. Além disso, é preciso saber o motivo pelo qual você foi deportado.

Moro nos Estados Unidos já faz muitos anos. Tirei o passaporte americano faz 1 ano. Ainda tenho o passaporte brasileiro. Eu preciso reconfirmar minha nacionalidade brasileira no consulado? Quero manter as duas nacionalidades.

Renata – O governo americano não impõe nenhuma regra para manutenção da dupla cidadania, no entanto, sugiro que você entre em contato com o consulado brasileiro em Miami (ou na jurisdição aonde você reside) para maiores informações.

Preciso esclarecer os passos que preciso tomar para tirar a minha cidadania. O meu green card permanente venceu já tem quase 1 ano e preciso tirar a minha cidadania, já tenho o documento preenchido. Preciso fazer algo antes de dar entrada na documentação? Outra coisa, eu cheguei aqui com 19 anos e tirei os meu papeis com 21-22 anos de idade, me falaram que preciso escrever uma carta pedindo desculpa por não ter me alistado com os serviços americanos. Estou atualmente casado com americana e tenho 3 filhos. Obrigado.  

Renata – Para que você possa obter sua cidadania, é importante determinar qual será o field office da imigração com jurisdição sobre o seu caso, já que cada supervisor pode estipular se você terá ou não que renovar o seu green card para obter a cidadania. Você está correto em relação a carta, e você deve pedir o Status Information Letter que pode ser obtida por meio do site www.sss.gov/Portals/0/PDFs/Status.pdf  Sugiro que você procure uma advogada capacitada para maiores esclarecimentos no seu caso.

Fui para os EUA com visto e fiquei ilegal por anos, agora estou no Brasil e a minha filha se casou e pegou cidadania americana. Ela ela aplicou para mim, mas disseram que nunca vou conseguir, por ter morado ilegal. É verdade?

Renata – Sua pergunta é um tanto genérica. Primeiro, é importante saber há quanto tempo atrás você saiu dos EUA, como você entrou, se saiu com uma deportação, e se possui histórico criminal. Apenas após uma análise minuciosa dessas informações poderemos determinar se você pode ou não receber a residência legal nos EUA por meio da sua filha.